domingo, 1 de abril de 2012

Louca


Sua cabeça rodava.
Não estava drogada, nem bêbada, muito menos doente. Estava simplesmente deitada no sofá. Seus pensamentos iam desde os livros do armário que precisava reler, até onde estaria na próxima terça feira a noite.
O mundo lhe havia chamado várias vezes naqueles últimos dias. Pessoas presentes, pessoas que deixou no passado e uma pessoa que ainda não sabia o que fazer, todos estiveram ao seu redor naqueles dias. Sentia que agia errado com todos.
As possibilidades e situações rodavam em sua volta, assim como os prótons e nêutrons rodam em torno de um átomo. Mas ela não sabia pegar essas partículas de sua vida e coloca-las cada uma em seu lugar. Não, ela ficava deitada no sofá, enquanto tudo rodava enlouquecidamente em sua volta.
Em alguns momentos, algumas pessoas conseguiam enxergar essas “coisas” que ficavam em sua volta, e lhe auxiliavam a coloca-las no lugar. Mas pessoas assim nunca ficam por muito tempo, e quando elas iam.... tudo começava outra vez.
*Talita Cruz

3 comentários:

! Marcelo Cândido ! disse...

Às vezes paro para pensar
E em que lugar estarei em alguma noite quando não tem aula
hahaha
Tenho algo parecido com essa sua personagem
!

ana disse...

amo seus textos, simples assim!bjo

Lucas disse...

Olhar pras nuvens também inspira... Ainda mais se vc estiver deitada no sofá hehehe
Lucas - www.cascudeando.zip.net

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes