sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Nossos desejos


O desejo, muitas vezes, é uma tortura. Porque nem sempre o que desejamos será nosso e ,na verdade, está muito distante da nossa realidade. Como diz um ditado popular: querer não é poder.
Mas, como toda regra tem uma exceção, algumas vezes o querer se torna poder. Aí depende do tanto que você quer e da sorte que tem. Por exemplo, o desejo de ter uma vida melhor, está na cabeça de 99% da população mundial, com certeza nem todos irão conseguir alcançar e quem conquistar contou com a sorte. Já se desejarmos um cargo melhor na empresa, a qualificação profissional é o caminho mais fácil para concretizar este desejo.
Muitas pessoas não têm coragem de encarar os próprios desejos e essa fuga acontece, principalmente, na área sentimental. Quando surge um interesse por alguém dito “proibido” para você pela sociedade, o desejo é sufocado.
Existem também os desejos simples, cotidianos. A vontade de adquirir um objeto, de comer, de ir em algum lugar, de fazer alguma atividade. As pessoas praticam o verbo desejar todas as horas. E é esse querer que nos joga para frente, que nos faz realizar sonhos, que nos ensina quando dá algo errado, enfim que nos movimenta e nos faz viver.
*Aline

2 comentários:

! Marcelo Cândido ! disse...

Bom texto
É isso mesmo, o desejo pode virar realidade
Tudo é questão do correr e ir além dessa vontade...

Lucas - www.cascudeando.zip.net disse...

Desde que nascemos, vivemos em função de um desejo. Uma ótima semana!
Lucas - www.cascudeando.zip.net
@cascudeando

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes